Poluição das praias

CONSUMA MENOS PLÁSTICO

Os plásticos que habitam e poluem os oceanos contribuem para destruir os habitats, enredam e matam, anualmente, dezenas de milhares de criaturas marinhas. Para limitar o seu impacto, prefira uma garrafa de água que possa reaproveitar, acondicione os alimentos em recipientes reutilizáveis, leve consigo um saco de pano ou outro reutilizável, quando for às compras e recicle sempre que possível.

Mar de plástico

A notícia de que a Grande Mancha de Lixo do Pacífico já ocupa uma área 16 vezes maior do que se estimava aumenta a urgência de uma solução para o problema dos resíduos plásticos, os principais poluidores dos mares.

CUIDE DAS PRAIAS

Quer goste de mergulhar, fazer surf ou simplesmente relaxar na praia, assegure-se de que deixa o espaço limpo. Explore e desfrute dos oceanos sem interferir com a vida selvagem, remover pedras ou arrancar corais. Eleve a fasquia e sensibilize os outros para a necessidade de respeitar a vida marinha ou participe em ações de limpeza das praias da sua zona.

NÃO ADQUIRA BENS QUE EXPLORAM A VIDA MARINHA

Alguns produtos podem ser nocivos e infligir danos nos delicados recifes de coral, com sérias repercussões nas populações de peixes. Evite comprar objetos como bijutaria de coral, acessórios para o cabelo feitos a partir da carapaça da tartaruga-de-pente e produtos derivados do tubarão.

APOIE AS ORGANIZAÇÕES QUE TRABALHAM PARA PROTEGER OS OCEANOS

Muitos institutos e organizações debatem-se para proteger os habitats dos oceanos e a vida marinha. Procure uma organização nacional e considere a hipótese de apoiá-la financeiramente ou de se oferecer como voluntário para trabalhar no terreno ou na defesa de direitos. Se viver perto da costa, integre uma delegação ou um grupo local e envolva-se em projetos da sua zona de residência.

As organizações não governamentais (ONGs) WWF-Brasil e Instituto Mar Adentro promovem, , na cidade do Rio de Janeiro,  atividades para consciencializar a população sobre a importância de manter os oceanos limpos. Cerca de 600 pessoas são esperadas para as atividades da ação chamada Clean Up The World (Limpe o Mundo), que também tem o apoio do Movimento Lixo Zero e do projeto Verde Mar.

NAVEGUE NOS OCEANOS DE FORMA RESPONSÁVEL

Se praticar navegação de recreio ou pesca, se andar de caiaque ou praticar outras atividades recreativas em mar, faça-o de forma responsável. Nunca atire nada para o mar e tenha em atenção a vida marinha nas águas envolventes. Se está a pensar fazer um cruzeiro nas próximas férias, faça alguma pesquisa e opte pela oferta mais ecológica.