Projeto Erasmus+ traz alunos e professores de cinco países europeus a Moimenta da Beira

9 de Junho de 2016

Projeto Erasmus+ traz alunos e professores de cinco países europeus a Moimenta da Beira

          Foi com notória e inquestionável satisfação, assim como contagiante entusiasmo que, de 16 a 20 de maio, no âmbito do projeto Erasmus+, Educação e Formação, “EU-TOPIA+, Thinking about Language, Social Media, Economics, Democracy and Environment”, o Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira acolheu quarenta e um professores e alunos provenientes de cinco países, nomeadamente Irlanda, Turquia, Itália, Estónia e Alemanha.

          No dia 16, duas professoras e alguns dos vinte e oito alunos portugueses ligados ao referido projeto deslocaram-se ao Porto, a fim de os receber. Como alguns grupos tinham chegado no domingo, tiveram, após a nossa sugestão prévia, a oportunidade de visitarem alguns, dos muitos, pontos de interesse da cidade “Invicta”. Assim, visitaram a “Torre dos Clérigos”, considerada o “ex-libris” da cidade, a livraria “Lello”, etc. À noite, à chegada à escola, todos manifestaram interesse em apreciar o cartaz afixado no portão, no qual se evidenciavam as distâncias quilométricas de cada escola estrangeira à nossa.

         No dia seguinte, às 8.30, os alunos estrangeiros assistiram à primeira aula dos seus anfitriões. Seguidamente, todos os professores e alunos se deslocaram, a pé, à Câmara Municipal, onde decorreu uma receção do senhor Presidente a todo o grupo. Após se ter passeado por algumas das ruas e praças de Moimenta, destacando-se o “Terreiro das Freiras” e os seus emblemáticos edifícios, já na escola, às 11h, iniciaram-se as apresentações dos trabalhos realizados previamente nos diversos países, nomeadamente vídeos sobre alguns aspetos positivos de sociedades democráticas consubstanciados, em termos gerais, em cada país envolvido no projeto, tanto a nível regional / local, como também, inclusivamente, a nível de cada escola. Um grupo de alunos portugueses apresentou, ainda, um “powerpoint” sobre algumas das mais recentes invenções portuguesas (via verde, bandas sonoras, semáforos com contagem decrescente de segundos, etc), assim como locais e paisagens dignos de serem visitados.

De tarde, em Viseu, demos uma volta pela cidade no mini combóio, proporcionando, assim, aos visitantes a oportunidade de conhecerem alguns dos locais e monumentos mais interessantes da cidade.

            Na 4ª feira, em Coimbra, visitámos o “Portugal dos Pequenitos” e a Universidade. De tarde, partimos para Mira de Aire, a fim de visitarmos as magníficas grutas de estalactites e estalagmites.

            Às 8.30 de 5ª feira, todos os alunos estrangeiros assistiram à 1ª aula dos respetivos alunos anfitriões. Seguidamente, decorreu a 2ª parte das apresentações. Uma vez que o tema geral do projeto é “EU-TOPIA+”, cada país apresentou um “powerpoint” sobre alguns aspectos positivos de uma sociedade democrática, que, eventual e hipoteticamente, pudessem ser aplicados a uma sociedade utópica. Ainda durante a manhã deste dia, os cinquenta e oito alunos estrangeiros e portugueses foram divididos em diversos grupos multilingues, a fim de trocarem ideias sobre hipotéticas características de uma sociedade utópica. Posteriormente, cada grupo apresentou as conclusões a que tinha chegado. Obviamente que a língua de comunicação foi, sempre, a inglesa.

            Na 6ª feira, partimos para o Porto, pois o grupo Irlandês tinha o voo de regresso a Dublin de manhã. Os outros grupos partiram no sábado e no domingo. Ao longo da viagem, todos desfrutaram da deslumbrante paisagem duriense. Já no Porto, na “Casa da Música”, tivemos uma visita guiada muito elucidativa relativamente aos materiais utilizados e às ótimas condições acústicas deste edifício. Depois de um “picnic” relaxante no “Parque da Cidade”, o “Cruzeiro das seis pontes”, no Douro, assim como a visita às “Caves Burmester” foram apreciados por todos.

            Refira-se, ainda, que os alunos e professores dos diversos países usufruíram, deleitosamente, do tempo soalheiro e da temperatura amena ao longo de toda a semana.

            Tinham terminado uns dias de trabalho profícuo e convívio agradabilíssimo, pelo que a despedida, no Porto, envolveu lágrimas da parte de vários alunos. Podemos dizer que a nostalgia ainda não desapareceu do coração de todos os envolvidos.

 

A equipa do projeto

Veja aqui o Vídeo de uma animação Turco-Portuguesa