Presidente da Cáritas Portuguesa veio a este Agrupamento

12 de Dezembro de 2011

Anualmente, no dia 10 de Dezembro, celebra-se o Dia dos Direitos Humanos. Esta data pretende homenagear todo o empenho e dedicação dos cidadãos defensores dos direitos humanos e alertar para a necessidade de eliminar todos os tipos de discriminação.

Celebração que se concretiza neste dia, pois foi nesta data que, em 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos do Homem.

O Grupo de História e o Clube Europeu do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira promoveu uma palestra como forma de lembrar tão importante celebração. No dia 7 de Dezembro, deslocou-se à Escola sede deste Agrupamento o Professor Eugénio Fonseca, Presidente da Cáritas Portuguesa e Presidente Adjunto da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade.

Depois das boas vindas apresentadas pelo Diretor do Agrupamento, Alcides Sarmento, e de ter sido apresentado pelo Coordenador do Grupo de História, Henrique Amorim, o Professor Eugénio Fonseca deu início à sua intervenção centrada no tema – “A pobreza como violação dos direitos humanos”. Tema muito pertinente tendo em conta a fase crítica que atravessamos com evidentes repercussões sociais.

Da sua intervenção destacamos as palavras dirigidas aos jovens do ensino secundário da área das Línguas e Humanidades, no sentido de não se deixarem abater pelas dificuldades, antes pelo contrário. Alertou-os para a necessidade de apostarem seriamente na sua formação como forma de estarem preparados para enfrentarem o futuro e as suas múltiplas exigências.

A organização desta iniciativa faz um balanço bastante positivo, quer pelo interesse manifestado pelos jovens presentes naquela sessão, quer ainda pela certeza de que os alunos terão saído do auditório mais esclarecidos e conscientes do seu papel no mundo atual, em que a todos é exigido um espírito cada vez mais solidário e uma maior atenção para com o nosso próximo.