AINDA DIZEM QUE NÃO HÁ BRUXAS!

4 de Novembro de 2015

    A moda do Halloween pegou, não só na disciplina de Inglês, como também na rotina das crianças que aderiram, com grande satisfação a esta brincadeira, da qual não somos pioneiros, mas seguidores por motivos alheios á nossa vontade. A verdade é que este legado está vivo pelas razões obscuras e fantásticas que o caracterizam, mas também porque criança que é criança, gosta de sentir um medo saudável das bruxinhas, morceguinhos, fantasminhas e afins, amigos da noite e de pregar sustos a quem quer ser assustado…e receber em troca uma bela doçura em troca da travessura. Que o digam as crianças que durante os três dias da semana pintaram, colaram, cantaram, dramatizaram e levaram para casa doces do tamanho da abóbora que ajudaram a preparar.

   Quem foi à Escola Básica na sexta-feira, deparou-se com os enfeites que as crianças tão entusiasticamente elaboraram e cruzaram-se com certeza com figurantes malvados e brincalhões que por lá circulavam, em nome da fantasia e do divertimento.

     Quem não foi, não se esqueça de nos visitar numa próxima data e hora a combinar.

Passam-se coisas… que nem às bruxas lembram!

30 de outubro de 2015

A Coordenadora do Departamento do Pré-escolar

Deolinda Salgueiro