Jardim de Infância de Alvite

27 de Dezembro de 2010

Alvite fica situada na parte mais alta do Planalto da Nave, com altitudes compreendidas entre os 900 e os 1016 metros. É uma das vinte freguesias do Concelho de Moimenta da Beira, distrito de Viseu.

Alvite viveu durante muitos anos isolada do mundo, comunicando com o exterior por uma estrada, que a ligava à estrada nacional nº 226 (Moimenta da Beira /Lamego). Hoje Alvite é servida não por uma, mas por três estradas que km a km, abriram caminho para o exterior.

Os Alvitanos constituem hoje um povo com cerca de 1200 habitantes, distribuídos pelos lugares de Alvite, Porto da Nave, Mostro Frio, Espinheiro e Quinta dos Caetanos, que atingido pelos raios quentes do sol de Verão e fustigado pela neve, geadas, ventos e chuvas no Inverno, labuta no seu dia-a-dia por um amanhecer cada vez mais risonho.

A sua situação geográfica determina o seu clima. Todos os anos na época primaveril, o Planalto cobre-se de um verde teimoso, que dá lugar a uma mistura de roxo e branco do florir das urgueiras, para finalmente se vestir de amarelo ao florirem as giestas. No Inverno o mesmo planalto cobre-se com um manto branco, que noutros tempos se mantinha intacto durante semanas, tornando a aldeia ainda mais isolada. A vegetação espontânea é característica das zonas serranas, com espécies pouco desenvolvidas, salientando-se as giestas, o sargaço, o tojo, a carqueja e a urgueira, aparecem também aqui e além alguns carvalhos, pinheiros e em tempos idos muitos castanheiros. Junto aos cursos de água podemos ainda ver os amieiros e os sabugueiros. Impedindo o clima frio e agreste o desenvolvimento de certas culturas, são a batata, o milho e o centeio os representantes mais vivos de Alvite.

Alvite é hoje uma vila razoavelmente desenvolvida, tendendo cada vez mais para uma modernização, que por vezes chega a ser agressiva. Com o evoluir dos tempos tornou-se uma localidade descaracterizada, onde se misturam casas de construção moderna, com outras que mantêm a traça antiga. A população nesta freguesia tem vindo a diminuir, passando de 1526 habitantes em 1981, para 1540 em 1991 e sendo de 1228 em 2001. As actividades predominantes são a pecuária, sendo os maiores produtores de leite do concelho e de comércio de têxteis.

A nível de educação existem 2 estabelecimentos de ensino, um do 1º ciclo e outro do pré-escolar. Em relação ao desporto existe um polidesportivo e um campo de futebol.

De interesse turístico são de realçar, a Necrópole Megalítica da Nave e a gastronomia, não existem porém ainda, estruturas que permitam o acolhimento de turistas. O movimento associativo encontra-se representado pela Associação “Gentes da Nave” e o “Centro Social de Alvite”, que desenvolvem respectivamente actividades de A.T.L. / Prolongamento do Pré-Escolar e Centro de Dia para a Terceira Idade.

A freguesia não é servida por qualquer transporte público.

Contactos:

Telefone: 254586409